top of page

Torne sua vida mais PRODUTIVA, CRIATIVA E INTENCIONAL

  • Foto do escritorgelsontk

Top 10 livros de 2018

Atualizado: 4 de mai. de 2019

Para começar com uma lista de sugestões de leitura, segue os 10 melhores livros lidos em 2018 (Em ordem de leitura):


1) Can´t Hurt me (David Goggins) - sem tradução português

David Goggins é o verdadeiro BADASS MOTHERFUCKER (usando as palavras do próprio). Única pessoa no mundo a concluir o treinamento de SEAL (passando 3x pela HellWeek, considerado o mais difícil dos treinamentos do exército americano) , Army Ranger e Air Force. Além disso, terminou uma ultramaratona sem treinar, com um pé quebrado e meio pulmão funcionando. Não satisfeito, bateu o recorde de barras (4030 em 17h). Também terminou outras provas de ultra e triathlon. Uma história no mínimo interessante, exemplo de resiliência, auto consciência e, principalmente, mindset vencedor! (Encontre aqui)

 

2) Por que nós dormimos? (Matthew Walker)

Talvez o assunto mais subvalorizados da nossa sociedade, deveria ser matéria obrigatória na educação. Uma noite mal dormida impacta na produção de hormônios (Mais irritação, menos paciência e causa depressão), na memória, aprendizado, na criatividade e até no condicionamento físico (dormindo mal você fica mais propício a comer mal inclusive).

O autor é bem negativo com os efeitos da noite mal dormida deixando algumas partes pesadas e não faz uma distinção sobre a qualidade do sono, considerando apenas a quantidade de horas dormida. Nada que tira o foco do problema da nossa sociedade: Falta de Sono!!

(Encontre aqui)

 

3) Seja Disruptivo! (Jay Samit)

Livro muito bom sobre inovação. Traz muitas histórias das grande startups, como o Youtube nasceu para ser um site de relacionamentos amorosos, por exemplo, antes mudar de rota. Também mostra insights interessantes de como inovar dentro da sua empresa.

Outro exemplo de como ser diruptivo é pensar diferente da massa, mas sempre entendendo para onde ela está indo. Na época do boom do computador pessoal, uma das pessoas que mais lucrou foi o inventor das capinhas para mouse, teclado e PCU, conseguiu um mercado apenas dele, quando todos só queriam ser a próxima IBM. Inovador e disruptivo!

Jay Samit trabalhou na EMI Records e na Sony e conta como trouxe a inovação para projetos dessas empresas, fazendo parceirias com custo zero e alavancaram as suas vendas, garantindo uma carreira meteórica.

Um dos melhores livros do ano. (Encontre aqui)

 

4) Relentless (Tim S. Groover) - sem tradução português

Esse cara é o verdadeiro "Mr. Wolf" de Pulp fiction. Segundo o próprio Tim Grover "Eu não sou o primeiro cara que vc vai ligar, serei o último dos últimos, porque se chegou em mim é porque ninguém consegue resolver".

O cara treinou ninguém menos que Michael Jordan e Kobe "Black Mamba" e o resto é história.

O livro apresenta 3 tipos de pessoas: Cooler (seguem o que outros falam), Closer (Sabem o que precisam fazer e fazem bem feito), Cleaner (Viram a referência, mudam o jogo). Descreve os pontos chaves que levam as pessoas a serem cleaners.

Livro indispensável para quem pensa em alta performance!! Apesar de alguns conceitos questionáveis, ele eleva o parâmetro de excelência, mostrando a importância do mindset correto para superar barreiras, ser resiliente e virar um ícone na sua área.

E se você é fã de Jordan e Kobe, leitura obrigatória, muitas histórias de bastidores desses 2 mitos do esporte. (Encontre aqui)

 

5) Maestria (Robert Greene)

Recheado de histórias das grandes mentes da nossa sociedade como Da Vinci, Mozart, Darwin e Einstein, entre outros. Robert Greene mostra como a genialidade tem mais a ver com foco e esforço do que com insights e dom. Todos os grandes mestres tiveram foco na missão de vida e muito trabalho e suor, levando certa de 10 anos de aprendizado e crescimento até o momento da inovação.

There is no free lunch, my friend!!

(Encontre aqui)


 

6) Trabalhe 4 horas por semana (Tim Ferriss)

Apesar do título ser bem cara de "snake oil", o livro traz um mensagem que eu queria ter lido há alguns anos: como automatizar/terceirizar sua receita e valorizar o seu tempo tanto quanto o dinheiro que você recebe. Sempre, claro, aproveitando o tempo disponível de forma produtiva.

Tim Ferriss criou uma empresa para revender produtos para um nicho expecífico, fazendo acordos com canais de vendas exclusivos, terceirizou a importação, o atendimento do call center e a entrega. Basicamente, cuidava do relacionamento com os fornecedores e parceiros.

Além de alguns insights interessantes sobre o processo e algumas dicas de ferramentas para utilizar (muitas do mercado norte americano), ele também traz muita coisa sobre produtividade e eficiência pessoal. (Encontre aqui)

 

7) The art of Learning: An inner journey to optimal performance (Josh Waitzkin) - sem tradução português

Josh Waitzkin foi campeão mundial de xadrez quando criança, uma história que virou filme e acabou causando um certo trauma no menino, devido à pressão e a tietagem dos fãs. Para lidar com tudo isso, ele começou a meditar e conheceu o Tai Chi Chuan, anos depois virou campeão mundial de Tai Chi!! Fraco hein!

No livro, ele consegue desconstruir o modelo mental de aprendizagem. Comparando o xadrez com arte marciais, ele mostra muita coisa sobre mindgames, como transformar adversidades a seu favor, como internalizar alguns movimentos eliminando complexidades e como converter raiva em concentração! Essencial para quem quer evoluir em qualquer área, conseguir aprender a aprender!

Vale a leitura pelos ensinamentos, mas também pela história de vida do garoto, digna de filme de Hollywood! (Encontre aqui)

 

8) Ferramentas dos Titãs (Tim Ferriss)

Um compilado de entrevistas de nomes de diversas áreas, desde Schwarzenegger até investidores de Startups, passando por músicos, atletas, filósofos e muitos mais. O livro não entra a fundo nos assuntos específicos mas é um prato cheio para encontrar referências para futuras pesquisas (eu saí com uma lista de 15 livros para comprar e alguns nomes para seguir).

Alguns pontos em comum dessas pessoas de alta performance: importância de uma rotina matinal, dentre elas meditação é quase unânime,"journaling" (escrever seus objetivos e as atividades do dia) e, principalmente, questionar-se todos os dias.

Apesar de ser bem extenso, recomendo o livro e que você dê um google nos principais episódios do podcast do Tim Ferriss. (Encontre aqui)

 

9) Arriscando a própria pele (Nassim Nicholas Taleb)

"Ácido, polêmico e sem medo da crítica"

Praticamente o fechamento da trilogia "BlackSwan" e "Antifragile" (2 livros imperdíveis), Nassin Taleb volta sem censura nenhuma, criticando o trabalho de grandes nomes, como Richard Taler (de Nudge) entre outros nomes pela falta de consistência nos cálculos probabilísticos e sobre o impacto temporal nas teorias apresentadas.

O ponto central do livro são situações onde os chamados "especialistas" tomam decisões ou influenciam decisões, mas não são penalizados pelos seus erros: mercado financeiro, acadêmicos, críticos, entre outros. Gerando um cenário que favorece sempre o especialista e não o "cliente".

Bem mais fraco que os 2 primeiros livros, mas que faz você refletir sobre como alguns sistemas estão reféns dessa "enganação". (Encontre aqui)

 

10) Em busca de sentido (Viktor E. Frankl)

A história de um dos sobreviventes de um campo de concentração, o psiquiatra Viktor Frankl conta como era o dia a dia no campo, descrevendo o sofrimento e as razões de continuar acreditando no melhor, mesmo numa situação tão extrema como a vivenciada.

No final, ele conta como criou a logoterapia, uma psicoterapia que se baseia na busca do sentido da vida, segundo o qual é possível através de 3 formas: um trabalho ou uma atividade, através do amor por outras pessoas e, por fim, através do próprio sofrimento (quando o sofrimento é invevitável).

História de vida bem interesante e muita coisa para refletir sobre a vida. Recomendo. (Encontre aqui)

98 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page