top of page

Torne sua vida mais PRODUTIVA, CRIATIVA E INTENCIONAL

“O mesmo de sempre” Morgan Housel

Qual é a habilidade que Warren Buffett e Jeff Bezos têm em comum, que possibilitou os dois se destacarem como os mais ricos do mundo? A capacidade de focar naquilo que nunca muda, no mesmo de sempre.

O mesmo de sempre Morgan Housel PDF

Warren Buffett uma vez comentou: “Sabe qual era o chocolate mais vendido em 1962? Snickers. E sabe qual é o chocolate mais vendido hoje? Snickers.”


Jeff Bezos disse que as pessoas sempre o questionam sobre o que vai mudar nos próximos 10 anos, mas quase nunca o perguntam o que não vai mudar nos próximos 10 anos. “Ao meu ver, essa segunda pergunta é na verdade a mais importante das duas.”


Buffett investe em empresas que tendem a ser dominantes nos seus mercados por longos anos, Jeff Bezos não foca seus esforços em tendências momentâneas, sabe que preço baixo, entrega rápida e um bom serviço ao cliente nunca sairão de moda


A melhor forma de entender o mundo é compreender que algumas coisas e, principalmente, alguns comportamentos nunca mudam.


Por isso, "O mesmo de sempre" (Morgan Housel) descreve 23 temas, mostrando com exemplos históricos o que sempre se repete, o mesmo de sempre.


 

Veja os principais pontos no resumo visual “O mesmo de sempre” (Morgan Housel):


Resumo visual O mesmo de Sempre Morgan Housel

 

Os 5 Principais Insights


1. A calma planta a semente da loucura


A economia sempre acontece em ciclos, que geralmente acontecem no decorrer de algumas gerações.


Quando a economia vai bem, as pessoas tendem a ficar otimistas, a vida é mais tranquila, sobra dinheiro, o que gera mais incentivos para comprar mais coisas. As pessoas se esquecem dos tempos difíceis e de economizar o dinheiro, começam a pegar mais dívidas.


Com o tempo, tanto consumo, eleva os preços com a inflação, o que dificulta o pagamento das dívidas, começa a desestabilizar a economia e entramos numa espiral negativa, que terminam em grandes crises.


Isso sempre aconteceu e sempre irá acontecer. Não acredite que ficaremos livres de crises e, principalmente, nunca caia na armadilha de acreditar que “dessa vez é diferente”. 


O lado positivo da crise é que em momentos terríveis, como guerras e crises financeiras, é onde a humanidade sente a necessidade de mudança e muitas coisas são criadas. Nos tempos difíceis é onde a inovação acontece.


2. É para ser difícil


“Tudo que vale a pena buscar vem com sofrimento.O segredo é ignorar a dor.” Morgan Housel

Se você acompanha Lermaislivros, sabe o que sempre bato nessa tecla: É para ser difícil. O caminho difícil é onde estão as melhores recompensas.


Nos investimentos, não adianta querer ficar rico da noite para o dia. Se você tentar, é muito provável que irá falir. A paciência faz parte do processo e a capacidade de tomar na cabeça e continuar evoluindo é uma habilidade necessária.


Da mesma forma é seguir um propósito. Não é fácil. Como disse Morgan Housel “Todo trabalho vem com um pedaço de que não gostamos. E precisamos dizer: faz parte.”


Nada é tão fácil como parece, por mais que você ache que é vendo o Instagram de quem já conseguiu ter sucesso no caminho.


Tenha consciência e encare o difícil. Esse é o caminho.


3. A melhor narrativa triunfa


As histórias são sempre mais poderosas do que estatísticas.


É da natureza humana se interessar e até memorizar mais com histórias do que com o simples conhecimento dos fatos. Por isso, livros de ficção e filmes nos chamam tanto a atenção.


A história da humanidade sempre existiu, passamos anos estudando isso na escola. E mesmo assim,Yuval Harari vendeu milhões com o seu livro Sapiens (veja o resumo aqui), contando as mesmas coisas mas com uma narrativa muito melhor.


A habilidade de contar história sempre encantou os humanos (e sempre irá encantar). 


Por isso, é importante saber que tão importante quanto o que dizemos ou fazemos, é o como dizemos e como apresentamos.


4. Incentivos: a força mais poderosa do mundo


“Quando os incentivos são absurdos, os comportamentos são absurdos.”

Às vezes, ficamos indignados como algumas pessoas podem chegar ao ponto de fazer loucuras no trabalho, como fraudes gigantescas (como no episódio recente das Americanas).


Mas se olharmos a fundo, veremos um comportamento que se repete a milhares de anos, essas pessoas estão seguindo os incentivos que lhe foram dados.


“As pessoas seguem incentivos, não conselhos.” James Clear

Incentivos é uma faca de dois gumes, podem ser o catalisador para aumentar a produtividade e criatividade, mas também para mascarar (e servir de muleta) para algumas pessoas ultrapassarem os limites morais.


Então, sempre tome cuidado quando for definir incentivos. E uma boa pergunta para se fazer é: “Quais dos meus atuais pontos de vista mudariam se meus incentivos fossem diferentes?” Questione-se.


5. As feridas fecham, mas as cicatrizes permanecem


É muito mais fácil olharmos para trás e tirar conclusões de como deveríamos ter nos comportado. Olhando para as crises, é fácil ver que os mercados chegaram no fundo e seria uma boa hora de comprar ações.


Mas quando você está no olho do furacão é difícil você tomar certas decisões, que no futuro parecerão loucuras.


Na Alemanha antes da segunda guerra mundial, os níveis de desemprego e fome eram absurdos e muitos alemães viram na figura de Hitler uma salvação. Olhando após os acontecimentos, ninguém em sã consciência daria apoio ao que aconteceu, mas é mais fácil julgar depois.


“Aqueles que não viveram os grandes eventos terão dificuldades para compreender o ponto de vista de quem viveu.”

 

QUANDO NOSSO FOCO SÃO AS COISAS QUE NUNCA MUDAM, PARAMOS DE TENTAR PREVER EVENTOS INCERTOS E DEDICAMOS MAIS TEMPO A COMPREENDER O COMPORTAMENTO ATEMPORAL.


 
Livro O mesmo de sempre

Compre agora o livro na Amazon, clique aqui


Esse resumo é para que você não esqueça dos principais pontos, leia o livro completo para conseguir capturar esses e muitos outros pontos.


Ler mais livros é compartilhar conhecimento.


Se você curtiu, compartilhe a página com os seus amigos e siga-nos nas redes sociais (Instagram e YouTube)


246 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page