top of page

Torne sua vida mais PRODUTIVA, CRIATIVA E INTENCIONAL

  • Foto do escritorgelsontk

Sinais que você está sofrendo de ODI

O acesso à informação e ao conhecimento nunca foi tão fácil e abundante. Temos notícias atualizadas em uma velocidade impressionante, praticamente em tempo real, temos à disposição diversos canais de comunicação, o rádio e a TV deixaram de ser os únicos meios e estão sendo substituídos pelas redes sociais e plataformas de conteúdo. Vídeos, podcasts, blogs, Instagram, Tiktok. O conhecimento está literalmente na palma da sua mão.

Overdose de informação

Mas tudo isso tem o seu lado negativo. Estamos todos sofrendo uma ODI, overdose de informação.

Alguns sintomas claros de que você está sofrendo desse mal:

Vontade de consumir mais informação: Estamos tão viciados em informação, que sentimos a necessidade de mais, a toda hora. Eu mesmo, estou sofrendo com esse processo. Fico a toda hora querendo olhar o que está acontecendo no mercado financeiro, querendo olhar as cotações das ações. Se paro para esperar o elevador, quero pegar o celular para verificar. A mesma coisa pode acontecer com redes sociais. O efeito “químico” é o mesmo de outros vícios, a liberação de dopamina.

Distração: Estamos vendo algum vídeo com uma finalidade específica e quando percebemos estamos em outro vídeo nada a ver com o nosso objetivo inicial. A chance de nos distrairmos é enorme e, claro, tudo foi pensado para isso.

Improdutividade: Acabamos perdendo horas consumindo conteúdo e, infelizmente, o nosso tempo é limitado. O que significa que temos menos horas para aplicar o conhecimento.

Paralisia decisória: Tendemos a achar que mais informação significa melhores decisões, mas o cérebro humano entra em “tilt” quando temos muitos atributos para analisar.


No famoso experimento da geleia, pesquisadores fizeram um teste em um supermercado com uma prateleira com 24 tipos de geléias e em outros dias com 6 tipos apenas. Nos dias com maior variedade, o movimento na prateleira era bem maior, mas a taxa de conversão era de 3%. Nos dias com poucas opções, a taxa de conversão subiu para 30%. Não sabemos tomar decisões quando estamos com ODI.

 

Se você, assim como eu, apresenta esses sintomas, está na hora de entrar em uma reabilitação de informação, fazer um DETOX de conteúdo.

Dicas para ser mais produtivo

Algumas dicas que estou tentando e podem te ajudar:

Torne mais difícil o acesso à informação: Quanto mais acessível, maior a vontade de consumir. Tire os atalhos do computador e do celular. Parece besta, mas só o fato de você precisar fazer alguns movimentos a mais te inibe de acessar as plataformas.

Faça uma limpa no conteúdo que você recebe: O meu email vive cheio de emails interessantes (Tim Ferris, Ryan Holiday, Bill Gates, Seth Godin,...), mas isso contribui para o excesso de informação. Seja criterioso e deixe apenas aquilo que está agregando para o seu momento. Os canais do vídeo também.

Separe um momento para ver determinados conteúdos: Utilize o "vício" como uma recompensa. Agora só abro o Instagram após terminar a minha rotina matinal (exercícios, banho gelado e meditação), assim ele funciona como uma espécie de recompensa e evita que eu perca tempo antes de terminar tudo isso.

Tenha consciência que o mundo não vai acabar: Existe essa preocupação de que precisamos ficar ligados 24 por 7 nas notícias para não perder nada. Uma grande queda na bolsa, alguma novidade, uma fofoca. Mas a verdade é que o mundo não vai acabar e se algo acontecer, um Whatsapp vai pipocar. Relaxe!

Troque conteúdo por música: A sede por conhecimento é alta, mas aprenda a se controlar. Em vez de sempre ouvir um podcast ou um vídeo sobre notícias, mercado e afins, volte para a boa música, de preferência as nostálgicas, do tempo que você não sofria de ODI.

Ocupe o tempo com atividades físicas: Vá caminhar, pule corda, faça flexões. Atividade física diminui a ansiedade, ajudando no auto controle.

Simplifique as suas decisões: Não procure por mais informações para decidir sobre algum tema. Mais pode ser menos. Tente entender os principais pontos e foque neles. Não perca tempo procurando mais opções, isso só torna a decisão mais difícil.

Apesar de serem dicas simples, estão longe de serem fáceis de aplicar. De tempos em tempos, preciso parar e repensar essa rotina maluca, fazer esse detox, pois mesmo que você consiga se reciclar, daqui a algum tempo você volta para esse mundo caótico da informação.

Por isso, sugiro que você também pare e reflita.

Você precisa mesmo de tanta informação?


Você está priorizando o conteúdo que consome?

Ou está consumindo por gula mental? Por vício de notícias?

Questione-se! Desconecte-se!

"Uma riqueza de informação cria uma pobreza de atenção" Herbert Simon
Uma riqueza de informação cria uma pobreza de atenção
 

Livros para os questionadores


Ler mais livros é compartilhar conhecimento.


Se você curtiu, compartilhe a página com os seus amigos e siga-nos nas redes sociais (Instagram e YouTube)

82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page