top of page

Torne sua vida mais PRODUTIVA, CRIATIVA E INTENCIONAL

  • Foto do escritorgelsontk

O segredo para gerar valor: PARE DE PENSAR!

No tênis, existe uma diferença muito grande entre o jogador iniciante e um jogador profissional e ela se deve pelo fato do profissional conseguir jogar sem pensar.

O segredo para gerar valor: pare de pensar

Quando se está começando, você precisa pensar tantas coisas (posição da raquete, posição das pernas, distância da bola, altura da bola, movimento dos braços) que a probabilidade é muito alta de você errar a batida.


O processo de decisão é feito num intervalo muito pequeno para o nível de processamento das informações. Como disse o famoso jogador de beisebol Yogi Berra:

“Você não consegue pensar e rebater ao mesmo tempo”

Claro, que por trás de conseguir rebater sem pensar existem duas coisas importantes: prática e processo.

 

No mundo das ideias não é diferente.


Ter o chamado “insight” criativo, uma ideia disruptiva, uma solução complexa ou um post que gere valor é como devolver uma bola de tênis.


Da mesma forma, também sofremos quando pensamos demais. O que é uma grande armadilha porque é mais fácil de nos esquecermos disso.


Em algumas semanas eu consigo me planejar sobre os próximos posts, mas em outras eu escrevo no mesmo dia da publicação (como esse por exemplo). E essa “pressão” de conseguir entregar algo que faça sentido, faz com que eu fique alguns dias pensando no que escrever.


No começo, isso me causava alguns bloqueios. Hoje, eu aprendi a acreditar no processo.


Segundo o livro “Elástico: Como o pensamento flexível pode mudar nossas vidas”, de Leonard Mlodinow, a nossa mente possui um modo “default”, um estado de ativação do cérebro onde ele consegue acessar nossas memórias e sentimentos, fazendo associações e estabelecendo conexões que normalmente não reconheceríamos. Nada mais do que o insight.


Porém, esse estado só é atingido com a quietude. Quando paramos de pensar. Por isso, muitas ideias aparecem quando estamos fazendo atividades onde não estamos utilizando o cérebro, como em caminhadas, tomando banho ou olhando para o teto.


Mas não podemos nos dar ao luxo de ficar “esperando” as idéias aparecerem no banho, preciso gerar algo produtivo todo domingo e quarta para você. É aí que entra a prática e o processo.


Corte lenha, carregue água

Crote lenha, a pratica leva à permanência

No livro “A Quietude é a chave”, de Ryan Holiday, ele cita o seguinte provérbio zen:

“Corte lenha, carregue água. Corte lenha, carregue água.”

Não analise demais. Faça o trabalho.



Para o jogador iniciante de tênis, não adianta falar que não pensar vai fazer ele bater melhor, porque existe um nível mínimo de habilidade necessário para fazer o movimento de forma certa, é preciso praticar inúmeras vezes um pequeno movimento de cada vez. É preciso cortar a lenha e carregar a água, sem questionar somente pelo simples ato de fazer.


Para criar conteúdo, você precisa então criar conteúdo. Sem o objetivo de agradar, de ter muitos likes ou ganhar elogios. Somente pelo fato de criar conteúdo. Como você consegue absorver informações de diversas fontes, consolidar numa linha lógica e contar uma história para o seu público alvo que faça sentido? Primeiro, praticando até se cansar.


Como disse Warren Buffett em uma de suas cartas sobre o conselho que recebeu de um golfista:

“A prática não leva à perfeição, leva à permanência.

Forme a sua casa

Forme sua casa, acredite no processo

Crie um processo que force você a pensar melhor, ou melhor, a não pensar. Sabendo como o cérebro funciona, fica mais fácil induzir a “criatividade”.


Por isso a minha rotina matinal é importante e eu prefiro escrever logo pela manhã.


Mas o processo em si começa alguns dias antes, onde eu penso em algum assunto, às vezes apenas uma frase marcante ou uma reflexão e decido o assunto. Antes de dormir, tento lembrar dos livros que li sobre isso ou alguma referência bacana e vou dormir.


No dia seguinte, começa o processo. Acordo, faço alongamentos, 15 minutos de exercícios (melhora a circulação no cérebro), tomo banho gelado (libera dopamina), medito por 10 minutos (esvazia a mente) e tomo café preto (libera adrenalina). Nesses 40 minutos, não dou tempo do cérebro se distrair. A vantagem de ser cedo é que não tem barulhos na rua e dos filhos também.


Então, várias referências relacionadas ao tema que pensei na noite anterior aparecem, basta uma procura nos livros ou no Google para eu conseguir material para escrever. Como se fosse mágica, até você perceber que não é.


Você deve criar um processo que induza e ajude o cérebro a parar de pensar, só assim ele irá pensar melhor.


Como disse Winston Churchill:

“Nós formamos as nossas casas e então nossas casas formam a gente.”
 
Entregue valor

Existe um lado romântico em relação à criação de ideias. Mas se você depende disso, você não deve contar com a sorte.

Corte lenha, carregue água, forme sua casa e pare de pensar!

Pratique e acredite no processo. Essa é a única forma de entregar valor de forma consistente.

 

Livros para os questionadores



Ler mais livros é compartilhar conhecimento.


Se você curtiu, compartilhe a página com os seus amigos e siga-nos nas redes sociais (Instagram e YouTube)

35 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 komentář


Laura Nuruki
Laura Nuruki
27. 9. 2021

Muito bom o artigo!!

To se mi líbí
bottom of page