top of page

Torne sua vida mais PRODUTIVA, CRIATIVA E INTENCIONAL

Por onde começar a pesquisa do sabático?

Atualizado: 12 de abr. de 2021

Onde encontrar informações sobre o sabático? Como descobrir se é financeiramente viável? Como descobrir se é realmente possível viajar por um ano, sem salário e com filho? Começamos pela melhor forma de adquirir conhecimentos: LIVROS.


Por onde começar a pesquisa do sabático?

Indicamos 5 livros essenciais para quem pretende tirar um sabático, cada um com uma abordagem diferente sobre o tema, que acabam se complementando.


LIVROS RECOMENDADOS


Where the magic happens - Caspar e Nichola Craver decidiram largar os trabalhos em Londres para viajar o mundo com os filhos a bordo de um barco. O planejamento de 5 anos e uma viagem de 2 anos com a família ao redor do mundo. Livro interessante porque mostra bastante do planejamento do casal, desde uma plaquinha com as motivações e valores da família até o plano financeiro para conseguir comprar um barco de 5 milhões de euros. O legal também é a experiência com filhos, no caso deles, 3 filhos. Poucos livros de sabático abordam essa dificuldade, geralmente os livros são de jovens solteiros ao redor do mundo. Recomendo o livro impresso pois existem várias fotos do planejamento e da viagem que deixam o livro bonitão.

 

A Year Off - Livro recheado de fotos e histórias, conta a viagem de um casal que resolveu encarar um ano sabático pouco tempo após se conhecerem, 2 meses se não me engano (não tentem fazer isso em casa, crianças). O interessante é que cada um conta a sua versão da história, mostrando os medos e as preocupações dos momentos da viagem. É muito útil estar preparado para essas situações e entender que os seus sentimentos podem ser bem diferentes dos da sua companhia. Recomendo também o livro físico.


 

Rediscovering Travel - Um livro um pouco diferente, mostra o outro lado de viajar por tanto tempo. Seth Krugel, famoso colunista da “The New York Times” (Frugal Traveler) fala das suas aventuras em cidades totalmente desconhecidas e de como sair da rota turística pode ser uma experiência muito mais prazerosa e divertida. É um livro mais para reflexões, pois em uma viagem tão longa, apreciar as coisas do cotidiano, encontrar aquele restaurante fora do guia, aqueles eventos locais fazem toda a diferença.


 

Vagabonding - Apesar do título ter uma conotação negativa, o livro é muito bom. Eu li ele após a viagem, mas ele mostra muito do que queremos falar ao longo dos posts. Um pouco em linha com “Rediscovering Travel”, existe uma diferença gigantesca e transformadora entre tirar um período sabático e tirar férias. Entre o turista e o viajante. O livro, como disse Tim Ferriss, é mais do que um livro de viagens, é um livro para a vida.



 

Your money or your life - Livro escrito em 1992, é o livro mais famoso de FIRE. Vicki Robin explora como o controle financeiro é mais do que planilhas, é praticamente uma descoberta pessoal. Você precisa entender a sua relação íntima com o dinheiro para conseguir controlá-lo. Mostra que a independência tem muito mais a ver com o controle de gastos do que de quanto você ganha. Isso é muito impressionante mesmo. Iremos mostrar nos posts sobre os custos, como a decisão de morar em São Paulo, por exemplo, nos leva a ter gastos quase tão elevados como morar fora do país.


 

SITES


Além de livros, alguns sites nos ajudaram em dúvidas pontuais.


Nomadic Matt: Famoso blogger que viaja o mundo dando dicas, principalmente de como gastar pouco. Vimos alguns posts e alguns vídeos no YouTube. Mas a experiência de viajar sozinho é muito diferente de viajar com filhos, falando por experiência própria. Então para o nosso momento não foi tão útil. https://www.nomadicmatt.com/


Go Curry Cracker: Casal com filho pequeno que se aposentaram e vivem viajando pelo mundo, com uma “base” na Tailândia onde fica a família da esposa. Interessante porque mostra a dificuldade de ter viajar com criança pequena. https://www.gocurrycracker.com/start-here/


Projeto Vira Volta: Site brasileiro com dicas de viagem. Achamos bom porque mostra as dificuldades de fazer uma viagem longa para quem é da terra do samba. Dicas boas sobre vistos, seguro saúde, entre outras burocracias chatas da viagem. O canal do YouTube também vale a pena. Ela tem um curso de sabático, mas que não fizemos (se alguém fez ou for fazer, depois deixa nos comentários). https://projetoviravolta.com/

 

INSTAGRAM


Existem muitos perfis de viagem, acabamos seguindo alguns por indicação, mas para ser bem sincero não utilizamos muito para elaborar o nosso planejamento. No meio da viagem, usávamos para ver se tinha alguma dica legal sobre o lugar que estávamos.


Seguem algumas sugestões: Pandaspelomundo, Perambulandotrips.

 

Atualmente existe bastante informação a respeito, talvez já tenha até dicas via TikTok rs (se não tiver, fica a dica aí). No Brasil, porém, ainda não existe muita coisa consolidada, por isso resolvemos ajudar, tentando fazer um planejamento mais organizado, com planilhas e fontes para conseguir as informações.


A pesquisa nos deu coragem para continuar com a ideia. Muitos desafios, porém muitas coisas animadoras. Mas antes de mergulharmos de cabeça no planejamento, precisávamos responder a pergunta do milhão: Quanto custa ficar um ano inteiro viajando?


Aguarde o próximo post.

Pesquisa sobre sabático
 

Se você já leu algum livro ou tem algum site/canal para indicar, deixe aí nos comentários para ajudar outras pessoas também.

 

Encontre todos os posts na ordem na página principal, clique aqui


Posts Relacionados:

Como planejar o sabático - Comece por aqui

Quanto custa um ano sabático?

Motivações para um período sabático

110 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page