top of page

Torne sua vida mais PRODUTIVA, CRIATIVA E INTENCIONAL

  • Foto do escritorgelsontk

Quer se tornar uma pessoa melhor? Desacelere!

Todos nós queremos nos tornar pessoas melhores e isso passa por ajudar outras pessoas. O que poucos sabem é que isso depende mais de fatores externos do que gostaríamos de admitir.

Ler Mais Livros Pessoa Melhor

Sabemos que o nosso humor, por exemplo, é completamente ligado a eventos e situações do dia a dia, quando o seu time perde um jogo, quando o desempenho da sua carteira de investimentos vai mal, quando uma reunião estressante acontece, quando um carro tentar furar a fila, até mesmo quando o clima não ajuda. Tudo isso influencia nosso humor.


E o mais impressionante é que a sua bondade também funciona dessa forma.


Em um experimento comportamental da Universidade de Princeton em 1970, os psicólogos John Darley e Dan Batson mediram o impacto da pressão na bondade das pessoas, o experimento é conhecido como “O bom samaritano”, pois recria a parábola de mesmo nome escrita no Novo Testamento.


Eles escolheram estudantes da Princeton Theological Seminary, ou seja, pessoas que estavam estudando para viraram padres, pois seria uma amostra que se esperava alto índice de bondade. Após aprenderem o sermão sobre a parábola do Bom Samaritano, eles deveriam ir para outro prédio para apresentar o seu próprio sermão para uma banca de jurados.

Ler Mais Livros Bom Samaritano

No meio do caminho, um ator se passou por uma pessoa precisando de ajuda. Para identificar quantos estudantes iriam ajudá-lo.


A única diferença entre os grupos escolhidos era a pressão com relação ao tempo que eles deveriam chegar ao outro prédio. Foram separados 3 grupos com comentários diferentes sobre o tempo:


  1. “Você está atrasado! Eles já estão te esperando faz um tempo...”;

  2. “Eles já estão preparados, vá imediatamente para lá...”;

  3. “Você pode ficar esperando um pouco quando chegar lá, não tenha pressa...”;

Resultado: do grupo 1, apenas 10% pararam para ajudar, alguns até pularam por cima da pessoa que precisava de ajuda. No grupo 2, 45% pararam e no grupo 3, 63% se comportaram como o bom samaritano.

Ler Mais Livros Desacelere

Mesmo estudando o sermão do bom samaritano, apenas 10% tiveram a consciência de parar e ajudar a pessoa quando estavam com pressa.

Não é de surpreender que no mundo de hoje falte tanta empatia para ajudar o próximo e até ajudar nós mesmo, estamos cada vez mais acelerados na vida. Não aguentamos nem ver mais vídeos na velocidade 1x rs.


O que podemos aprender é que fatores externos podem influenciar muito as nossas decisões, sobre comportamentos que pensávamos ser intrínseco da pessoa, como bondade.


O primeiro passo é aceitar que somos “manipulados” pelas condições. O segundo é conseguir parar, respirar e reagir contra esses estímulos e impulsos.


Por isso, se quiser ser uma pessoa melhor, desacelere! Por que a pressa pode ser a inimiga da boa ação!


Ler Mais Livros Pressa inimiga da reflexão
 

Para os Questionadores que querem saber mais sobre comportamento humano:












 

Outros posts sobre comportamento:


Ler mais livros é compartilhar conhecimento.

Se você curtiu, compartilhe a página com os seus amigos e siga-nos nas redes sociais (Instagram e YouTube)

38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page